curante-logo-final-290x114

FacebookTwitterLinkedin

Gengirol

Acelerador do metabolismo

O Gengibre de nome cientifico Zingiber officinalis, é uma erva anual que cresce em solos arenosos e secos, desenvolve-se em climas tropicais e subtropicais tem sido largamente empregado na culinária como condimento, em bebidas e na medicina popular. A raiz e caracterizada pelo seu sabor picante e um pouco amargo.

Gengirol e um extrato padronizado em 5% de Gingerol e 2,89% de 6-Gingerol, obtido através de um processo de concentração do extrato de gengibre em 5:1, que proporcionam efeitos benéficos ao organismo, sendo as principais para o controle de náuseas, na ação antioxidante, alem de ser também um potente termogênico.

Ação Terapêutica

  • Auxilio na prevenção e tratamento de náuseas e vômitos;
  • Antioxidante;
  • Antiinflamatório;
  • Auxiliar do processo digestivo;

O Gengibre e constituído de 0,25–3,3% de óleo essencial, monoterpenos e serquiterpenos, 4–7,5% de princípios picantes como gingeróis e shogaols e outros constituintes como 40–60% de amido, acido fosfatídico, lecitina, vitaminas e minerais.

O Gengirol possui como ativo o gingerol, que juntamente com seus derivados exercem efeitos inibitórios na síntese de prostaglandinas e leucotrienos através da supressão das enzimas prostaglandinas sintase e da 5-lipoxigenase.

Mecanismo de Ação
O 6-Gingerol e capaz de inibir a produção de prostaglandinas E2 e da interleucina-1<, influenciando a resposta imunológica especifica imediata, podendo ser utilizado em doenças autoimunes e inflamações crônicas.

Gengibre aumenta a saliva, bem como as secreções gástricas úteis na falta de apetite e absorção de nutrientes e portanto, estimula a digestão, sendo particularmente útil em sub–ácidos gástricos.

O gengibre contem enzimas, mais efetivas do que as do mamão, que melhoram a ação da vesícula biliar ao mesmo tempo protegem o fígado contra toxinas.

O gengibre aumenta o tônus da musculatura e melhora o peristaltismo no intestino humano.

Gengirol e eficaz no auxílio a perda de peso por proporcionar efeito termogênico ao organismo. Os óleos essenciais do gengibre produzem calor ativando a circulação e otimizando a queima calórica.

A termogênese corresponde a energia na forma de calor gerada ao nível dos tecidos vivos. Os termogênicos consomem maior quantidade de energia e calor do organismo, acelerando o metabolismo, aumentando assim a queima de gordura.

A atividade antioxidante de Gengirol se deve a presença de seus ativos gingeróis, gingeronas e shogaois, sendo os gingeróis o principal componente ativo identificado.

Náuseas e vômitos são respostas complexas que podem ocorrer independentemente, mas ambos envolvem uma via do sistema nervoso central a partir da área postrema e zona de gatilho quimiorreceptora na medula oblongata. Uma vez ativada, a resposta gastrointestinal geralmente ocorre em hipotonicidade, hipoperistaltismo, hiposecreção, diminuição da motilidade do intestino delgado e ejeção do conteúdo do estômago e intestino delgado.

Gengirol é considerado antiemético devido sua ação farmacológica de seus princípios pungentes (Gingeróis e shagaols) e óleos voláteis (monoterpenos e sesquiterpenos).

Gengirol atua no trato gastrointestinal, aumentando o peristaltismo, evitando assim efeitos colaterais no sistema nervoso causado pela maioria dos antieméticos.

Indicações

  • Profilaxia de náuseas e vômitos de viagem;
  • Profilaxia de náuseas e vômitos de pós-cirurgicos;
  • Tratamento de náuseas e vômitos da gravidez;
  • Auxílio no combate a ação dos radicais livres;
  • Auxílio na redução do processo inflamatório;
  • Auxiílio no processo digestivo;

Reações Adversas
Em doses maiores que 6g pode ser irritante gástrico. Pacientes com incompatibilidade com produto apresentando reações alérgicas devem suspender o uso de imediato.

Contraindicações
Não há relatos até o momento, nas literaturas pesquisadas.

Posologia
Adultos e crianças acima de 6 anos, sugere-se a dosagem de 200mg a 1g, podendo ser divido em duas vezes ao dia. Profilaxia de náuseas e vômitos de viagem, sugere-se a dosagem de 600mg a 1g, 30 minutos antes da viagem.

Auxílio ao emagrecimento, sugere-se a dosagem de 500mg a 1g, podendo ser dividido em duas vezes ao dia.

  • Pacientes com sensibilidade ao sono, ingerir o produto preferencialmente pela manhã ou início da tarde, pois pode proporcionar insônia aos mesmos.
  • Pacientes gestantes devem informar e consultar seu médico antes de iniciar o uso do produto.
  • Esta dosagem pode ser alterada e deve ser avaliada pelo profissional habilitado para prescrição.
Ficha Técnica
Nome Botânico: Zingiber officinale Roscoe
Aspecto:
Cor: Amarelado
Sabor: Característico
Acondicionamento: Armazenar em temperatura entre 15 e 30°C e umidade relativa do ar entre 40 – 75%
Composição: Vitamina B6, Cobre, Potássio, Magnésio, Amido, Gingerol, 6-Gingerol.

REFERÊNCIAS

  1. AGUIAR, A.P.S.CAIRES, L.P. MAEKAWA, L.E. VALERA, M.C. KOGA-ITO, C.Y. Avaliação In Vitro da ação do extrato glicólico de gengibre sobre Candida albicans. Revista de Odontologia da Universidade Cidade de Sao Paulo. 2009 mai- ago; 21 (2): 144-9.
  2. SAITO, M.T.I. Monografia Zingiberis Rhizoma (Gengibre). Curso de Fitoterapia Sobrafito. UNIFESP, 2008.
  3. FARINHA, T.O. FONSECA, J.P. CUMAN, R.K.N. AMADO, C.A.B. Efeito do óleo essencial de gengibre (Zingiber officinale Roscoe) sobre quimiotaxia In Vivo. Universidade Estadual de Maringa/ Centro de Ciencias da Saude – Maringa – PR.
  4. PAKRASHI, S.C. PAKRASHI, A. Ginger, A versatile healing herb. Vedams ebooks Pvt Ltd, 2003.
  5. HARARI, T. Gengibre ajuda a perder a barriga. Fonte: Acesso em: 11/05/12.
  6. CARDOSO, J. MARTINS, J. BENITES, J. CONTI, T. SOHN, V. Uso de alimentos termogênicos no tratamento da obesidade. Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, 2010.
  7. ANDREO, D. JORGE, N. Capacidade antioxidante e estabilidade oxidativa de Gengiber officinale. Departamento de Engenharia e Tecnologia de Alimentos, Universidade Estadual Paulista, SP, Brasil. Dezembro, 2010.
  8. NANTHAKOMON, T. PONGROJPAW, D. The efficacy of ginger in prevention of post operative nausea and vomiting after major gynaecologic surgery. J. Med Assoc. Thai. 2006; 89 (supply 4): S130-6.
  9. ELPO, E.R.S. NEGRELLE, R.R.B. Zingiber officinale Roscoe: Aspectos farmacológicos uma revisão. Visao Academica, Curitiba, V.6, n.2, Jul – Dez/2005.
  10. MENSOR, L.L. MENEZES, F.S. LEITAO, G.G. REIS, A.S. SANTOS, T.C. COUBE, C.S, et al. Screening of brazilian plant extracts for antioxidant activity by the use of DPPH free radical method.  hytother Res. 2001; 15 (2): 127-30.

Imprimir E-mail

Orçamento

Contatos

Fale com a Curante!

whatsapp-ico

WhatsApp

(61) 98625-5382

(61) 3245-1004

atendimento@curante.com.br

Brasília, DF

2 unidades na Asa Sul

Endereços

Unidade 709   icon map small
SEPS 709/909 Lt A, Bloco A, Loja S11-Ed.Julio Adnet
(61) 3245-1004 - contato@curante.com.br
 
Unidade 716   mapa
SHLS 716 Bloco A, Lojas 27/31-Ed.Medical Center
(61) 3038-3350 - atendimento@curante.com.br
 
Google Play  WhatsAppApp Store